Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 6, 2013

DESMATAMENTOS E CARVOARIAS AFETAM ÁREA INDÍGENA APINAJÉ

Imagem
DESMATAMENTOS E CARVOARIAS, AFETAM ÁREA INDÍGENA APINAJÉ.
    Nesta quinta-feira, dia 10 de janeiro de 2013, uma equipe da FUNAI/CTL de Tocantinópolis -TO, em parceria com a CIPRA-Companhia de Polícia Militar Rodoviária Ambiental e lideranças indígenas Apinajé, estiveram mobilizados com a finalidade de averiguar a existência de desmatamentos e carvoarias no entorno da terra indígena Apinajé, no município de Tocantinópolis, norte do Tocantins.     Próximo á divisa da área indígena, numa estrada que dar acesso à cidade de Nazaré, na fazenda “dona Maria” no meio de um grande desmatamento, foi localizado a carvoaria Vitória Ltda, que usa madeiras do cerrado. O gerente apresentou documentação Autorização Ambiental, nº 3752-2012 emitida no dia 09/07/2012, pelo Instituto Natureza do Tocantins-NATURATINS de Palmas –TO. Pelo menos 30 fornos de carvão foram levantados e estão em funcionamento no local.     Em outro setor, próximo à divisa da área indígena, a 6 km de distancia da 1ª carvoaria foi…

A DESTRUIÇÃO DO CERRADO E A (FUTURA) CRISE DO SETOR ELÉTRICO

A DESTRUIÇÃO DO CERRADO E A (FUTURA) CRISE DO SETOR ELÉTRICO

    Esta semana o ministro das Minas e Energia Edson Lobão, apareceu várias vezes nos veículos da imprensa para explicar a “crise” no setor elétrico, especialmente a geração de energia, que estaria sendo afetada pela falta de chuvas e o baixo nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas, localizadas nas regiões sudeste e centro–oeste. Em entrevista no telejornal Bom Dia Brasil da rede Globo, o ministro explicou que não vai haver racionamento de energia, pois algumas termoelétricas estão sendo ligadas. E descartou os riscos de “apagão”       O ministro Lobão, explicou também que está havendo atrasos na conclusão de algumas hidrelétricas que estão sendo construídas , e citou: Santo Antônio e Girau em Rondônia e Belo Monte no Pará. E culpou as decisões judiciais e “questões indígenas” pela demora na conclusão das referidas obras.       Ao falar das “questões indígenas”, o ministro das Minas e Energia Edson Lobão, tocou num do…