LIDERANÇAS INDÍGENAS, CONFIRMAM NO MPF-TO, DENÚNCIAS DE FALHAS NO ATENDIMENTO À SAÚDE DOS POVOS APINAJÉ E KRAHÔ.


   Nesta segunda-feira, dia 25 de março de 2013, estivemos reunidos em Palmas (TO), na sede da Procuradoria da Republica no Estado do Tocantins, com o senhor, João Raphael Lima, Procurador do MPF-TO, com a finalidade de confirmar as denuncias de abandono e precariedade do atendimento à saúde indígena e cobrar verbalmente medidas cabíveis do MPF-TO, para corrigir as graves falhas dos gestores dos Polo Base Indígena–PBIs de Tocantinópolis -TO e Itacajá, da Secretaria Especial da Saúde Indígena –SESAI e do Distrito Sanitário Especial Indígena do Tocantins –DSEI-TO, na execução do atendimento à saúde das populações indígenas do Estado do Tocantins, especialmente, Apinajé e Krahô.
     Na ocasião, pedimos informações sobre a Ação Civil Pública, impetrada em 10 de dezembro de 2012, pelo Procurador do MPF-TO, senhor Álvaro Lutufo Manzano, em desfavor da União/SESAI. Tal medida foi adotada pelo MPF-TO, em razão das frequentes denuncias de abandono da saúde indígena no Estado do Tocantins, reclamações essas, que são feitas por todos os povos desse Estado. O Dr. João Raphael Lima, informou que a referida Ação Civil Pública está tramitando na Justiça Federal em Palmas (TO), aguardando julgamento.
    E lembramos que durante reunião ocorrida na cidade de Carolina (MA), no dia 20 de março de 2013, elaboramos e encaminhamos um documento repetindo essas graves denuncias com relação à essas falhas no atendimento à saúde dos povos Apinajé e Krahô, que precisam ser imediatamente apuradas pela, Fundação Nacional do Índio -FUNAI, Ministério Publico Federal -MPF-TO e Câmara da Procuradoria Geral da Republica -PGR. Dessa forma requeremos do MPF-TO, medidas judiciais cabíveis no sentido de obrigar a União/SESAI cumprir suas obrigações com a saúde da população indígena, oferecendo um atendimento digno, humano e adequado aos povos Apinajé e Krahô.




Aldeia São José, 26 de março de 2013.



Associação União das Aldeias Apinajé-PEMPXÀ.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

POVO APINAJÉ DE LUTO

MANIFESTO DO POVO APINAJÉ

AGROECOLOGIA